Apelo à Ignorância

(Ad Ignorantum)

Este é um argumento falacioso que conclui que algo é verdadeiro só porque não pode ser provado como falso, ou vice-versa.

"Como não provaram que fantasmas não existem, então eles devem existir."

"Existe vida em outro planeta, pois nunca provaram o contrário."

Ele é válido quando quem está propondo o argumento não consegue provar sua veracidade, ou quando o argumentador consegue provar.
Ex.:

"Como a promotoria não conseguiu provar que o réu é culpado, declaramos que ele é inocente."

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License